Durateston

O que é o Durateston?

Também conhecido como “Dura”, o Durateston é um anabolizante muito popular entre as pessoas que praticam musculação. Ele é usado para obter resultados em termos de ganho de massa muscular, de modo qu eles sejam acelerados.

Muito potente, este produto leva o usuário a aumentar os níveis de testosterona no organismo, além de estimular a síntese de proteínas (que impactam diretamente nas fibras musculares). Com o Durateston e por causa de suas características, é possível em poucos meses obter resultados que somente em anos seriam possíveis.

Entretanto, é importante informar-se bem antes de iniciar o uso, pois assim como qualquer anabolizante, o Durateston ocasiona efeitos colaterais que podem ser sérios se a dose indicada não for respeitada.

Sendo assim, se você vai usar este anabolizante para fins estéticos, quando mais sobre sobre sua ação, benefícios e possíveis efeitos colaterais, melhor.

Em síntese, podemos concluir que este anabolizante foi originalmente desenvolvido para repor os níveis de testosterona em homens que apresentavam deficiência deste hormônio. Com o tempo, descobriu-se que o Durateston também pode ser utilizado, mesmo que de forma clandestina como um esteróide para fins de ganho muscular e de força.

Para que serve o anabolizante Durateston?

Basicamente, este anabolizante serve para aumentar a força do indivíduo, reduzir a quantidade de gordura corporal e aumentar a capacidade do corpo de fazer a síntese de proteínas. Tudo isso ocorre após à elevação das taxas de testosterona no organismo, ocasionado pelo uso do anabolizante.

Sendo assim, quem escolhe tomar Durateston vai obter maior ganho de massa muscular e, enquanto o corpo ganhar volume, ele também perde gordura, fazendo com que a definição seja um dos resultados do seu uso. Além disso, o Durateston também proporciona rápida regeneração muscular após ciclos de treinos longos e intensos.

Qual é a composição do Durateston?

O Durateston é a junção de outros quatro tipos de ésteres de testosterona, que são:

  • Isocaproato de testosterona;
  • Propionato de testosterona;
  • Fenilpropionato de testosterona; e
  • decanoato de testosterona.

Esses quatro ésteres são os responsáveis pela rápida ação deste anabolizante e demais benefícios. Enquanto alguns deles colaboram para a ação imediata do Durateston, outros garantem que a ação do esteróide seja mais prolongada. Assim, o usuário tem a liberação de testosterona de forma constante e por mais tempo.

O que esperar do Durateston?

A seguir, veja o que esperar do uso correto deste incrível anabolizante:

  • Maior queima de gordura corporal, já que o produto age também acelerando o metabolismo;
  • Alta capacidade de crescimento muscular;
  • Ganho surpreendente de força e disposição para treinos mais longos e intensos;
  • Maior produção de hemácias, o que fortalece o sistema de defesa do organismo;
  • Formação de novo tecido muscular, além da rápida recuperação muscular após os treinos;
  • Melhor oxigenação sanguínea, que colabora também para a construção de músculos.

Em outras palavras, você pode esperar em poucos dias de uso um aumento de força e disposição que vão permitir treinos mais intensos e resultados mais rápidos e surpreendentes.

Como tomar o Durateston?

Existem vários ciclos de Durateston, de acordo com o perfil de cada usuário, afinal, quem é iniciante não deve utilizar a mesma dosagem de usuário mais experiente. Esses ciclos podem ser curtos, médios e longos. Veja qual o se encaixa melhor na sua realidade.

Ciclo curto de Durateston

Este ciclo deve ter a duração de no máximo dez semanas, sendo que nas seis primeiras o usuário utiliza o anabolizante e nas quatro seguintes faz um intervalo. É importante ressaltar que não é recomendado utilizar outro esteróide junto com este.

O ciclo curto de Durateston é considerado o mais leve e com menor ocorrência de efeitos colaterais. O motivo é que o usuário está exposto à droga por menor tempo. Ainda assim, é possível que alguns efeitos ocorram, como inchaço, perda de libido e ganho de peso.

Ciclo médio de Durateston

Este segundo ciclo deve ser feito por quinze semanas, no máximo. Você deve tomar o Durateston durante as oito primeiras semanas e descansar nas sete seguintes, sem nenhum outro anabolizante junto. Obviamente, com o aumento da dose, o risco de efeitos colaterais também aumenta.

Ciclo longo de Durateston

No ciclo longo, o usuário toma o Durateston por dez semanas, sem intervalo. Esse programa visa a obtenção de resultados mais evidentes. No entanto, não deve ser utilizado por iniciantes, devido à alta exposição às substâncias. Nestes casos, o risco de efeitos colaterais graves existe.

Terapia pós-ciclo

A Terapia pós-ciclo ou TPC é um processo essencial pelo qual as pessoas passam depois que terminam um ciclo de esteróides. O objetivo é fazer com que o corpo volte ao seu estado normal e assim possa voltar a produzir hormônios naturalmente. Depois que uma série de esteróides termina, o usuário inicia sua terapia pós-ciclo.

A TPC é essencial para evitar comprometimento a longo prazo da produção de testosterona no organismo. Sem ela, os níveis de testosterona podem nunca retornar ao normal e a terapia de reposição pode ser necessária permanentemente.

Alguns podem iniciar a TPC após dois ou três dias da última injeção ou pílula. Os horários de início não são definidos e variam de pessoa para pessoa, dependendo da duração do ciclo e de quais esteróides foram tomados e em que dosagens. Obviamente, com um ciclo mais longo, você precisará de um período de recuperação mais longo também.

Os ciclos comuns de TPC após o uso do Durateston duram entre quatro a seis semanas.

Quais os efeitos colaterais do Durateston?

Todo anabolizantes é passível do risco de apresentar efeitos colaterais e com o Dura não é diferente. Se não for utilizado conforme recomendado pelo fabricante e nos limites da saúde e do organismo de cada um, o Durateston pode levar a sérios problemas de saúde.

A seguir, veja os efeitos colaterais mais comuns associados ao uso do anabolizantes Durateston:

  • Aromatização (aumento do hormônio feminino no organismo), mesmo que seja considerada se comparada a outros anabolizantes no mercado;
  • Ginecomastia;
  • Redução da libido;
  • Retenção de líquido;
  • Atrofia testicular;
  • Acne;
  • Calvície masculina;
  • Pressão alta;
  • Alterações no humor;
  • Ganho de gordura.

Vale também ressaltar que em casos mais graves pode ocorrer problemas cardiovasculares, hepáticos e renais, além do aumento da agressividade e maiores taxas de colesterol no organismo.

Nas mulheres, o uso do Durateston pode levar a uma processo chamado virilização, que causa: engrossamento da voz, crescimento anormal de pelos, aumento do clitóris, ciclo menstrual descontrolado e, embora raro, infertilidade.

Quais as contraindicações do Durateston?

Alguns grupos não podem utilizar este produto. As mulheres, apesar de não fazerem parte destes grupos, não são aconselhadas a utilizar o este anabolizante, pois ele podem causar excesso de virilização.No entanto, mulheres lactantes e grávidas estão contra indicadas, assim como menores de 3 anos e idosos. Outras contraindicações do uso deste anabolizante, são:

  • Pessoas com alergia a qualquer componente da fórmula;
  • Quem possui suspeita ou quadro confirmado de carcinoma na mama ou na próstata;
  • Portadores de patologias crônicas, como disfunção renal, epilepsia e outras;
  • Alérgicos à soja ou amendoim.

Onde comprar o Durateston?

O Durateston pode ser adquirido em farmácias (somente com receita médica) e lojas online revendedoras autorizadas para comercializar o produto. Entretanto, é possível encontrar o Durateston em lojas na internet que comercializam o produto falsificado. Então, muito cuidado.

Consulte um médico antes de começar o ciclo de Durateston para evitar agravamentos à saúde. Lembre-se de que o uso de produtos anabolizantes não originais são potencialmente perigosos.

Deixe um comentário