Durateston

durateston

Procurando informações sobre o durateston? Então chegou ao lugar certo! Neste artigo você vai ver tudo o que precisa saber sobre ele, desde sua criação até as principais dúvidas. Confira!

O que você vai ver neste artigo:

O que é o Durateston?

Também conhecido como “Dura”, o Durateston é um anabolizante muito popular entre as pessoas que praticam musculação.

Ele é usado para obter resultados em termos de ganho de massa muscular, de modo que eles sejam acelerados.

Muito potente, esse produto leva o usuário a aumentar os níveis de testosterona no organismo e estimula a síntese de proteínas.

Por causa de suas características, é possível obter resultados que seriam possíveis somente em anos em apenas poucos meses.

Entretanto, é importante se informar bem antes de começar a usar o durateston.

Afinal, assim como qualquer anabolizante, ele pode causar sérios efeitos colaterais se a dose indicada não for respeitada.

Para que serve o anabolizante Durateston?

As pessoas usam durateston para diversos fins e a maior parte deles auxilia no desenvolvimento físico.

Na lista a seguir, veja alguns dos motivos pelos quais esse anabolizante é utilizado:

  • Aumento da força física;
  • Redução da quantidade de gordura corporal;
  • Aumento da capacidade fisiológica de sintetizar proteínas.

Todos esses efeitos ocorrem após o aumento nas taxas de testosterona no organismo.

Desse modo, tal aumento só ocorre devido ao consumo do anabolizante, que tem sua composição baseada nesse hormônio.

Como o Durateston funciona?

acao-durateston

O durateston possui algumas substâncias ativas e o seu organismo é capaz de transformá-las em testosterona, o hormônio sexual masculino.

Esse hormônio é produzido naturalmente tanto por homens quanto mulheres, mas em quantidade muito superior por homens.

De modo geral, ele é responsável pelas características masculinas, como crescimento de pelos, massa muscular, engrossamento da voz e assim por diante.

Quando a quantidade de testosterona é elevada, o indivíduo se torna mais ativo e consegue treinar por mais tempo, além de obter ganhos mais rapidamente.

Logo, essa transformação de substâncias em testosterona é o que provoca todos os efeitos positivos do durateston.

Qual é a composição do Durateston?

O durateston é composto por quatro ésteres de testosterona, confira:

  • Isocaproato de testosterona;
  • Propionato de testosterona;
  • Fenilpropionato de testosterona;
  • Decanoato de testosterona.

Esses ésteres são responsáveis pela rápida ação do durateston e seus benefícios.

Dessa forma, enquanto alguns ésteres colaboram para a ação imediata do durateston, outros garantem que ela seja mais duradoura.

Com isso, o usuário tem uma liberação constante de testosterona e por um tempo superior.

Quais os benefícios do Durateston?

beneficios-durateston

A seguir, veja os benefícios do uso correto deste incrível anabolizante:

  • Maior queima de gordura corporal, já que o produto age também acelerando o metabolismo;
  • Alta capacidade de crescimento muscular;
  • Ganho surpreendente de força e disposição para treinos mais longos e intensos;
  • Maior produção de hemácias, o que fortalece o sistema de defesa do organismo;
  • Formação de novo tecido muscular, além da rápida recuperação muscular após os treinos;
  • Melhor oxigenação sanguínea, que colabora também para a construção de músculos.

Em outras palavras, você pode esperar em poucos dias de uso um aumento de força e disposição que vão permitir treinos mais intensos e resultados mais rápidos e surpreendentes.

Como tomar o Durateston?

Existem vários ciclos de durateston, de acordo com o perfil de cada usuário. Afinal, quem é iniciante não deve utilizar a mesma dosagem de usuário mais experiente.

Tais ciclos podem ser curtos, médios e longos. Veja qual o se encaixa melhor em sua realidade.

Ciclo curto de Durateston

Este ciclo deve ter a duração máxima de dez semanas. Nas seis primeiras semanas, o usuário utiliza o anabolizante. Nas quatro semanas seguintes, ele faz um intervalo.

Vale ressaltar que não é recomendado utilizar outro esteróide junto com o durateston.

O ciclo curto de durateston é considerado o mais leve e com menor ocorrência de efeitos colaterais. O motivo é que o usuário está exposto à droga por menor tempo. Ainda assim, é possível que alguns efeitos ocorram, como inchaço, perda de libido e ganho de peso.

Ciclo médio de Durateston

Este segundo ciclo deve ser feito por quinze semanas, no máximo. Você deve tomar o durateston durante as oito primeiras semanas e descansar nas sete seguintes.

Durante esse período, não deve consumir nenhum outro anabolizante além do durateston.

Vale destacar, ainda, que o risco da manifestação dos efeitos colaterais aumenta proporcionalmente com a dose utilizada. Em outras palavras, quanto mais durateston você usar, maiores as chances de ter efeitos colaterais.

Ciclo longo de Durateston

No ciclo longo, o usuário toma o durateston por dez semanas, sem intervalo. Esse programa visa a obtenção de resultados mais evidentes.

No entanto, não deve ser utilizado por iniciantes, devido à alta exposição às substâncias. Nesses casos, o risco de efeitos colaterais graves é existente.

Terapia pós-ciclo

A Terapia Pós-Ciclo ou TPC é um processo essencial pelo qual as pessoas passam depois que terminam um ciclo de esteroides.

O objetivo é fazer com que o corpo volte ao seu estado normal e, assim, possa voltar a produzir hormônios de modo natural.

Portanto, depois que uma série de esteroides termina, o usuário inicia sua terapia pós-ciclo.

A TPC é essencial para evitar um comprometimento a longo prazo da produção de testosterona no organismo.

Sem ela, os níveis de testosterona podem nunca retornar ao normal e a terapia de reposição pode ser necessária permanentemente.

Alguns podem iniciar a TPC após dois ou três dias da última injeção ou pílula.

Os horários de início não são definidos e variam de pessoa para pessoa, dependendo da duração do ciclo e de quais esteroides foram tomados e em que dosagens.

Com um ciclo mais longo, você precisará de um período de recuperação mais longo também.

Os ciclos comuns de TPC após o uso do durateston duram entre quatro a seis semanas.

Quais os efeitos colaterais do Durateston?

efeitos-colaterais-durateston

Todo anabolizante pode causar efeitos colaterais e com o durateston não é diferente.

Se ele não for utilizado conforme recomendado pelo fabricante e nos limites da saúde e do organismo de cada um, pode levar a sérios problemas de saúde.

A seguir, confira os efeitos colaterais mais comuns associados ao uso de anabolizantes como o durateston:

  • Aromatização (aumento do hormônio feminino no organismo), mesmo que seja considerada baixa se comparada a outros anabolizantes no mercado;
  • Ginecomastia;
  • Redução da libido;
  • Retenção de líquido;
  • Atrofia testicular;
  • Acne;
  • Calvície masculina;
  • Pressão alta;
  • Alterações no humor;
  • Ganho de gordura.

Vale salientar que — em casos mais graves — pode ocorrer problemas cardiovasculares, hepáticos e renais, além do aumento da agressividade e maiores taxas de colesterol no organismo.

Nas mulheres, o uso do durateston pode levar a um processo conhecido como virilização, que pode causar:

5 Dicas para “driblar” alguns efeitos colaterais do durateston

Há uma série de coisas que podemos fazer para minimizar ou eliminar alguns efeitos colaterais decorrentes do uso do durateston.

Pensando nisso, separamos cinco dicas para você “driblar” esses efeitos, confira!

Insônia

Há uma série de produtos naturais que combatem a insônia e podem te ajudar a superar esse feito colateral, como a melatonina, passiflora, 5-HTP, erva-cidreira e chá de camomila.

A melatonina é um hormônio produzido naturalmente pelo corpo e é a principal responsável pelo sono.

Basicamente, existem duas maneiras de aumentar a produção de melatonina pelo seu corpo, sendo por suplementação ou criação de uma rotina na hora de dormir.

Para a primeira opção é simples, basta ir a uma farmácia e comprar algum suplemento de melatonina.

Já para a segunda opção, é preciso que evite situações estressantes no final do dia, além de diminuir a exposição a luzes azuis, como de computadores e celulares, e consumir alimentos ricos em triptofano, como o amendoim, o ovo ou a carne de frango.

A passiflora é um tipo de calmante natural que pode ser comprado em farmácias sem a necessidade de receita médica. Basta tomar cerca de 1 hora antes de dormir e ir de fato se preparar para isso, com luzes apagadas e afins.

Também conhecido como 5-hidroxitriptofano, o 5-HTP é um tipo de aminoácido produzido pelo corpo de forma natural.

Desse modo, o 5-HTP é essencial para produção do neurotransmissor serotonina, responsável pelo bom humor.

Além disso, esse neurotransmissor, quando em baixas quantidades, pode levar a graves transtornos psicológicos, como a ansiedade, depressão e insônia.

Sendo assim, uma alternativa para driblar a insônia é suplementar 5-HTP para elevar a produção de serotonina pelo corpo e, desse modo, combatê-la.

A erva-cidreira tem sido utilizada há vários séculos para combater a insônia e recentemente foi descoberto que ela tem a capacidade de impedir a destruição do GABA, um tipo de neurotransmissor responsável por acalmar o sistema nervoso e facilitar o sono.

Seu consumo pode ser feito de maneira natural, por meio do chá de erva-cidreira.

A camomila é um poderoso antioxidante que ajuda na ligação dos receptores do cérebro relacionados a sonolência e insônia.

O recomendado, é que se consuma o chá de camomila aproximadamente uma hora antes de dormir.

Queda de cabelo

Para combater a queda de cabelo é recomendado o uso de Minoxidil, um produto que vem apresentando ótimos resultados contra a calvície e até mesmo no crescimento da barba.

Uma grande vantagem desse produto é que ele não exige a receita médica para compra e uso, mas, ainda assim, é recomendado que tenha acompanhamento profissional para obter melhores resultados e prevenir problemas.

Acne e náusea

Para acne existem opções naturais como o chá de cavalinha, que deve ser tomado cerca de 3 vezes ao dia, e o chá de Aloe vera, que evita inflamações e estimula a regeneração.

No mesmo sentido, há opções de tratamentos naturais para náusea, como suco de limão, chá de hortelã, mel e gengibre.

Ganho de peso

Uma das causas do ganho de peso é a retenção de líquidos e para contornar esse problema basta ter uma dieta equilibrada.

Nesse ponto, vale ressaltar que os anabolizantes não agem sozinhos, é preciso que você pratique atividades físicas intensas e tenha uma boa dieta.

Para isso, uma das melhores opções é ir até um nutricionista ou nutrólogo e observar qual a melhor dieta para você de acordo com os seus objetivos.

Quais as contraindicações do Durateston?

Alguns grupos não podem utilizar este produto. As mulheres, apesar de não fazerem parte destes grupos, não são aconselhadas a utilizar o este anabolizante, pois eles podem causar excesso de virilização. `

No entanto, mulheres lactantes e grávidas não devem usar o durateston em hipótese alguma, assim como menores de 3 anos e idosos.

Outras contraindicações de uso para esse anabolizante são:

  • Pessoas com alergia a qualquer componente da fórmula;
  • Quem possui suspeita ou quadro confirmado de carcinoma na mama ou na próstata;
  • Portadores de patologias crônicas, como disfunção renal, epilepsia e outras;
  • Alérgicos à soja ou amendoim.

Quais os riscos de consumir uma alta dose de Durateston?

Caso consuma uma alta dose de durateston, você pode ter uma overdose e, caso isso aconteça, será preciso ligar para a emergência médica imediatamente.

Os sinais comuns de uma overdose por durateston são inchaço nos braços, mãos, pés, tornozelos ou pernas. Jamais tome uma dose acima do que lhe é recomendado.

O que fazer quando esquecer de tomar uma dose?

Tome a dose que esqueceu assim que lembrar. No entanto, se estiver próximo da nova dose, pule essa esquecida, não tome duas doses ao mesmo tempo.

Durateston é legal no Brasil?

legal

O uso do durateston é permitido no Brasil para o tratamento de doenças, ou seja, para uso médico. Desse modo, ele é vendido legalmente desde que tenha uma receita médica.

Contudo, é extremamente comum o seu uso para fins não-médicos, como no bodybuilding. Nesses casos, a compra pode ser considerada ilegal, mas não deixa de ser algo comum e acessível.

Onde comprar o Durateston?

O durateston pode ser adquirido em farmácias (somente com receita médica) e lojas online revendedoras autorizadas para comercializar o produto.

Entretanto, é possível encontrar o durateston em lojas na internet que comercializam o produto falsificado. Então, tome muito cuidado.

Consulte um médico antes de começar o ciclo de durateston para evitar agravamentos à saúde.

Lembre-se de que o uso de produtos anabolizantes não originais pode ser potencialmente perigoso.

Principais dúvidas sobre o Durateston

Posso tomar álcool enquanto tomo Durateston?

Sim, mas não é algo recomendado, principalmente para altas doses de álcool.

Basicamente, o consumo de álcool concomitantemente ao uso de esteroides anabolizantes aumenta o risco de lesão no fígado.

Qual médico pode receitar Durateston?

De modo geral, qualquer médico ou dentista pode receitar esteroides anabolizantes, segundo a legislação brasileira.

No entanto, é recomendado que busque médicos voltados para a área fitness, pois o Conselho de Medicina é contra o uso de esteroides para fins estéticos e muitos médicos seguem essa linha.

Por que as pessoas usam o Durateston?

Como visto no artigo, o durateston pode ser usado com objetivo médico ou não médico.

Assim sendo, quando o objetivo é médico, visa se alcançar a saúde e eles são prescritos como medicamentos para tratar determinada condição.

Já no uso não médico, ele é usado para elevar os níveis de ganho de massa muscular, aumentar o desempenho e a energia, acelerar a recuperação de lesões etc.

As pessoas se tornam dependentes do Durateston?

Não há como negar os casos de dependência dos esteroides anabolizantes, mas isso tende a ocorrer quando o uso é feito de maneira indiscriminada e sem acompanhamento profissional.

No caso da testosterona, por exemplo, um indivíduo que deixa de produzir o hormônio naturalmente pode ou não voltar a sintetizá-lo e, caso não volte, se torna dependente da suplementação do hormônio.

Menores de idade podem tomar o Durateston?

Sim, mas somente sob orientação médica quando há uma real necessidade fisiológica de se tomar esse medicamento.

De modo geral, não é recomendado que menores de idade consumam anabolizantes, pois há riscos de desequilibrar a produção hormonal de maneira grave, levando a uma dificuldade de maturação.

Ademais, quando essa dificuldade de maturação ocorre pelo uso de anabolizantes, atrapalha-se esse processo durante toda a vida do indivíduo, haja vista que esse é um momento especial de desenvolvimento do corpo humano.

Em síntese, menores de idade não devem utilizar o durateston, somente quando necessário e por orientação médica, para fins não estéticos.

Usar uma dosagem pequena traz resultados?

Sim. Não é necessário usar a dosagem máxima do durateston ou mais do que isso, basta seguir o ideal para o seu organismo, sendo que quem define isso é um médico.

Durateston deixa o usuário brocha?

No longo prazo, se usados incorretamente, os esteroides anabolizantes, com exceção da testosterona, levam a uma diminuição da libido.

Contudo, não há como afirmar que você vai se tornar brocha por tomar durateston, esse é apenas um dos mitos por trás dos anabolizantes.

Os efeitos do Durateston somem quando se para de tomar?

Sim. Tomemos como exemplo a testosterona extra adquirida pelo uso dessa droga.

Basicamente, enquanto toma durateston, seu corpo está recebendo uma quantidade a mais de testosterona do que produz e pode até mesmo deixar de produzir por esse motivo.

Quando você para de tomar esse esteroide anabolizante, seus níveis de testosterona tendem a voltar ao normal novamente e os efeitos do anabolizante a desaparecerem.

Indo além, caso exagere na dose e no tempo de uso, pode ser que seu corpo não volte a produzir testosterona em níveis adequados e então acabe ficando dependente da suplementação desse hormônio.

Por motivos como esse, é essencial que tenha acompanhamento médico durante todo o tempo de uso de algum esteroide anabolizante, incluindo o durateston.

Vale a pena tomar o Durateston?

Não há como afirmar que deve ou não tomar anabolizantes, haja vista que os riscos para saúde são reais e quem decide se vale a pena passar por eles é você mesmo.

Em linhas gerais, você abdicará um pouco de saúde por um efeito estético e, com acompanhamento profissional, conseguirá alcançar seu objetivo.

Portanto, considere todos os pontos abordados neste artigo e entre em contato com algum profissional da saúde para chegar a melhor decisão para você.

Agora que já sabe tudo sobre o durateston, que tal deixar um comentário aqui embaixo?